De acordo com seus regimentos, a Gafisa se compromete a pagar aos seus acionistas pelo menos 25% de seu lucro líquido anual sob a forma de dividendos ou juros sobre capital próprio, conforme calculado e ajustado sob os métodos contábeis legais.

Esse lucro líquido ajustado pode ser usado para absorver perdas ou para o pagamento da participação estatutária sobre lucros de proprietários de debêntures, funcionários, ou membros de nossa administração, o que, em último caso, reduz o montante disponível para ser pago como dividendos ou juros sobre capital próprio. Além disso, a legislação empresarial brasileira permite a uma companhia de capital aberto suspender a distribuição obrigatória de dividendos em qualquer ano, caso seu Conselho de Administração informe os acionistas que tal distribuição não pode ser realizada, considerando-se sua condição financeira ou disponibilidade de caixa.

A condição financeira e disponibilidade de caixa da Companhia pode ser impactada por fatores como prospecções, condições macroeconômicas, ajustamentos tarifários, mudanças regulatórias, estratégias de crescimento e outras questões que podem ser consideradas relevantes pelo Conselho de Administração e pelos acionistas.

Gráficos de Cotações